segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Por que eu nasci...

Porque eu nasci, diz Deus
Nasci nu,  para que tu saibas despojar-te de ti mesmo.
Nasci pobre,
Para que tu possas considerar-Me a tua única riqueza
Nasci num estábulo,
Para que tu aprendas a santificar todos os lugares.

Nasci débil,
Para que tu nunca tenhas medo de Mim.
Nasci por amor,
Para que tu nunca duvides do Meu amor.
Nasci de noite,
Para que acredites que posso iluminar a realidade.

Nasci pessoa,
Para que nunca te envergonhes de seres tu mesmo.
Nasci homem,
Para que tu possas ser "Deus".
Nasci perseguido,
Para que tu saibas aceitar as dificuldades.

Nasci na simplicidade,
Para que tu deixes de ser complicado.
Nasci na tua vida,
Para levar todos para a casa do Pai.


(Lambert Noben)

Um abênçoado Natal  pra você, que suas festas sejam preciosas!

sábado, 22 de dezembro de 2012

O fim do nosso mundo.

 
Quando as palavras não vem, o rosto se fecha e os olhos se afogam. Quando o silêncio toma conta do nosso desespero, o nosso interior se desaba. O fim do mundo é todos os dias para quem sente muito, para quem demonstra pouco, para quem se esconde atrás de sorrisos que se desmancham ao entardecer.  O fim do mundo não é nada mais do que o nosso próprio interior se remoendo, se despedaçando, se desmanchando por algo que muitas vezes não sabemos nem sequer explicar, mas sentimos, sentimos muito mesmo por isso.
Podemos morrer afogados em lágrimas, podemos morrer queimados pelo orgulho ou podemos morrer com o coração congelado pelo nosso medo. Medo esse que muitas vezes nos impede de ir mais além, orgulho esse que muitas vezes nos impossibilita de nos dar uma nova chance, lágrimas que lavam a nossa alma e secam o nosso coração, assim sem nenhuma remediação.
O fim do mundo está diante dos nossos olhos, escorrega pelo nosso exterior e se esconde no nosso interior. Não há quem comprove tamanha catástrofe humana, não há quem explique profundo sentimento. O buraco é grande, sem tamanho e dificilmente será preenchido. Cada um carrega uma dor diferente, com intensidades diferentes e uma cicatriz que nunca se cura, sem profundidade internas e externas. Nós somos mortais a vida inteira, vivemos e morremos a cada dia sem uma explicação definida. Não há quem nos impeça de sentir. O fim do nosso mundo acontece todos os dias, aos poucos e, praticamente ninguém sente além de nós mesmos.

(Maíra Cintra)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Não me subestime...


 Faltou coragem de chutar o pau da barraca
Perder a compostura...
Ofender-te com um grande palavrão
Dizer que é crime cativar um sorriso
E depois fazer chorar um coração!
 
Faltou coragem de te dizer que sou mais eu.
Xingar-te...
Xingar-te até a exaustão
Dizer que você nunca vai encontrar ninguém melhor que eu...
Escandalizar-te...
esquecer a educação!

Faltou coragem para em vez de um até breve...
dizer-te, nunca mais
Gritar verdades sem moderação
Bater a porta...
lavar a alma...
Seguir firme, em outra direção !

Ahh... que saber  dane se, e esqueça me!
Chega desse banho maria.

(Simone)  


sábado, 15 de dezembro de 2012

Nós somos o acaso mais lindo...

Você é diferente das outras pessoas, 
há algo em você que não me deixa ir embora, 
é como se fosse parte de mim, como se eu não precisasse ir a lugar algum, 
porque já tenho tudo comigo.

(Simone)

Nando Reis e Ana Canas - Pra Voce Guardei O Amor (Clipe Oficial)



sábado, 8 de dezembro de 2012

Saudade

 
 Hoje eu só queria te ver. De longe ou de perto, te abraçar ou apenas te olhar, te beijar ou só imaginar. Eu só queria ver seu sorriso de perto, e isso bastaria.
(Simone)