quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Então é Natal...



Tem Pinheiros de plástico, neve de isopor
Luzes piscando pra todo lado
Caridade no atacado e no varejo
Marketing social e muita reportagem
Consumidores correndo apressados
Muitas sacolas e pouca paciência
Comerciantes medindo lucros em percentagem

Desempregados explorados
Em um empreguinho temporário
Gordos suados metidos em cetim vermelho
Abraçando crianças em shoppings entulhados
Escondidos por trás de barbas falsas
Esquivando-se de mãozinhas ávidas por testá-las
Sorriso alugado por alguns trocados

Bêbados comemorando mais um motivo para beber
Motoristas endiabrados xingando o do carro ao lado
Enquanto ouve na radio outro Dingobel
Mães ensinam a seus filhos o que lhes foi ensinado
Nesse dia todos tem pressa, correm pra preparar a festa
Mas, só a meia noite, chagará o especial convidado
Um velhinho muito simpático, chamado Papai Noel

E as crianças, cheias de brinquedos e mimos
Exibem seus sorrisos puros e plenos
Crescem levando a tradição adiante
De uma festa de aniversario
Onde um velho de barba
É mais importante que o Aniversariante

(AeSSeCê)

Um comentário:

  1. Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Natal agradável, harmonioso e com sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir